O que é análise SWOT?

Saiba o que é uma análise SWOT e como ela pode ajudar a sua empresa

Ter um planejamento estratégico para a empresa é algo essencial para o seu desenvolvimento. Além de ter as contas em dia, também é igualmente importante saber para onde navegar, ou quais planos e objetivos devem ser buscados para o seu negócio. Não saber para onde navegar é algo perigoso. Porém, determinar os rumos de uma empresa não é algo simples. Exige que você seja capaz de analisar os cenários e situações possíveis, bem como quais os custos e recompensas de cada passo tomado.

Uma ferramenta útil para esse tipo de análise,  isto é, para pesar custos e recompensas de cada decisão, bem como para oferecer uma análise geral de uma empresa, foi proposta nos anos 60 pelo consultor americano Albert Humphrey. Chamada de análise SWOT, esse tipo de análise busca oferecer um panorama de todos os fatores que devem ser considerados em um plano estratégico de uma empresa. A sigla vem das seguintes palavras:

Strengths – Forças;

Opportunities – Oportunidades;

Weakenesses – Fraquezas;

Threats – Ameaças.

A função de cada palavra é analisar diferentes aspectos de um cenário almejado por uma determinada estratégia empresarial. As duas primeiras palavras são positivas (forças e oportunidades) e  as duas últimas são negativas (fraquezas e ameaças). Há também duas palavras para fatores internos (forças e fraquezas) e duas palavras para fatores externos (oportunidades e ameaças).  A intenção é que todas se complementem em um quadro geral de análise. A partir delas você poderá pesar os prós e contras de um determinado cenário e poderá ajustar eventuais erros e necessidades. Mais ainda, você obterá uma visão geral dos âmbitos da sua empresa.

A análise SWOT é dividida em 4 colunas, sendo uma para cada dimensão:

Forças

Na coluna das Forças é necessário considerar tudo aquilo que se destaca como ponto positivo da sua empresa. Os benefícios do seu produto, o baixo custo, a qualidade, o reconhecimento, a equipe, dentre outros.

Essa coluna pode ser preenchida por algumas perguntas importantes:

Quais os pontos fortes da minha empresa?

O que leva alguém a decidir comprar meu produto?

Quais são os pontos fortes do meu produto?

Qual o diferencial do meu produto em relação ao(s) concorrente(s)?

Quais os maiores benefícios que ganharei nesse cenário?

Oportunidades

Na coluna das Oportunidades vale considerar todos os fatores externos que se destacam como únicos para sua empresa. Dentre esses fatores, há o cenário econômico, parcerias comerciais, novidades de mercado, políticas governamentais, posicionamento do concorrente etc. Na coluna das Oportunidades é importante ressaltar todas as razõesque o levou a querer tomar vantagem de um determinado cenário. Ter consciência de todas elas é condição fundamental para entender bem o plano estratégico da sua empresa.

A coluna pode ser auxiliada pelas seguintes perguntas:  

Há alguma parceria comercial que me ajudaria?

 O cenário econômico está favorável para o meu produto?

Esse é um cenário favorável ao meu posicionamento?

Quais são as oportunidades disponíveis para meu produto?

Fraquezas

Na coluna da Fraquezas é necessário efetuar uma análise dos pontos de melhoria da sua empresa. Mais ainda, é importante ponderar os pontos de melhoria com relação ao objetivo estipulado pelo planejamento estratégico.

Por exemplo, se o seu objetivo é lançar um produto novo, poderá responder as seguintes perguntas:

A infraestrutura da minha empresa é suficiente para lançar este produto?

Conseguirei produzi-lo de maneira eficiente?

O que falta para atender melhor os clientes que busquem tal produto?

A partir dessas perguntas você poderá ajustar o seu planejamento com vistas a cobrir os pontos de melhoria.

Ameaças

Na coluna das Ameaças deverá considerar os fatores externos que podem comprometer o seu planejamento. Por exemplo, o número limitado de recursos, um mercado pequeno e incipiente, pouco comprometimento do cliente etc. Analisar as ameaças também é um passo importante por fazê-lo enxergar os possíveis obstáculos para o avanço do seu planejamento.

Veja algumas perguntas importantes na análise das ameaças:

Meu produto encontrará um concorrente?

Há demanda suficiente para meu produto?

Como se comporta o cliente que consome tal produto?

Se aumenta a demanda do produto, minha empresa conseguirá atendê-la?

A demanda por esse produto é constante ou sazonal?

Tem um vídeo em nosso canal que falamos somente sobre isso, clique aqui para assistir.

Conclusão

Se você é dono de empresa, jamais subestime a importância de uma análise SWOT. É recomendável que você a faça com alguma frequência, a cada seis meses, ou a cada ano. A análise SWOT sempre te ajudará a saber para onde caminhar com o seu negócio.

Se você está começando agora e ainda não tem um modelo de negócio bem definido recomendo que veja este artigo: Saiba o que é um Business Model Canvas e como usar no seu negócio