Retorno do lockdown e nova onda da pandemia: 6 passos para sobreviver em períodos de crise

A pandemia tem eclodido novamente e levado muitos estados a adotarem as já conhecidas medidas de contenção como o lockdown, o fechamento do comércio e a impossibilidade de trabalho para muitos negócios físicos.

Se você é dono de loja, está preocupado e não sabe o que fazer para navegar novamente esse período exaustivo de fechamento total do comércio, neste texto trazemos os seis estágios comuns a toda crise. Eles foram descritos pelo Dr. Robert Chandler, professor da Universidade de Kansas, criador de diversos modelos de planejamento para crises.

Continua na leitura para aprender um pouco mais:

1 – Perigo inicial

O primeiro estágio de qualquer crise é o de conhecimento do perigo inicial. Em crises de qualquer tipo, seja por desastres naturais ou ação humana deliberada, há sempre um perigo inicial que deve ser conhecido em maior detalhe.

Esse é um estágio que pode levar algum tempo para ser bem compreendido até que medidas de contenção comecem a surgir. Contudo, no caso da crise desencadeada pela pandemia, já é razoavelmente conhecido o tipo de ameaça surgida e quais são as medidas de contenção adequadas.

2 – Avaliação de risco

No segundo passo vem a avaliação do risco gerado pelo perigo inicial. O objetivo é tentar estipular os efeitos gerados pela crise. No caso de uma empresa, você deve tentar estimar quanto tempo sua empresa precisará aguentar para sobreviver o período de fechamento e quais outras medidas podem ser tomadas para ela continuar funcionando.

Responder as seguintes perguntas pode lhe ajudar a se situar melhor em relação a uma avaliação de risco:

            – Quanto tempo minha empresa consegue resistir?

            – Quanto de caixa a empresa precisa ter para suportar o tempo de crise?

            – Quais medidas podem ser tomadas para prolongar a sua resistência?

A partir dessas perguntas você poderá passar para o terceiro estágio de planejamento em uma situação de crise:

3 – Resposta

No estágio de resposta você deve definir as medidas contenção que serão tomadas em meio a crise para ajudar na sobrevida da sua empresa. A ideia é pensar o que pode ser feito para se adaptar ao momento da maneira mais rápida e eficiente possível.

Algumas das perguntas que pode o ajudar a determinar uma resposta adequada ao período de crise:

            – Quais produtos e serviços ainda continuam a ser vendidos e mesmo em períodos de lockdown?

            – Quais deles minha empresa consegue oferecer?

            – Quais produtos do meu estoque podem ser rapidamente oferecidos em um serviço delivery?

            – Quais medidas posso tomar para aumentar a mobilidade da minha empresa para que ela não tenha que depender somente de serviços presenciais?

            – Quanto de dinheiro precisarei para novas adaptações e para manter a estrutura da empresa funcionando em um determinado período de tempo?

            – O que posso fazer para diminuir gastos e aumentar o tempo de resistência da minha empresa?

            – Quais ações e medidas podem ser implantadas da forma mais rápida possível?

Responder a essas perguntas o ajudará a ter uma maior clareza diante do problema. Isso certamente quebrará a reação de desespero e fará com que você encontre alguma solução, ainda que mínima, ao problema.

Lembre-se que a pior coisa a se fazer em momentos de crise é se desesperar sem tomar qualquer ação. Por isso, o período de avaliação e resposta são cruciais para que você possa iniciar a quarta fase.      

4 – Gerenciamento

Na quarta fase há a ação e o gerenciamento do plano encontrado nas fases anteriores. Espera-se que aconteça a execução do plano e a adaptação mediante cada feedback recebido.

O ideal dessa fase é que tudo seja executado de maneira rápida, simples e econômica. Assim, você conseguirá vencer os momentos de adaptação o mais rápido possível.

Como sempre, um dos erros comuns de qualquer fase de planejamento é o planejamento excessivo do que deve ser feito. Evite esse erro e lembre-se que essa a fase da ação e da execução.

5 e 6 – Resolução e Recuperação

Os últimos estágio de qualquer crise são a resolução e a recuperação. Embora toda a crise gerada pandemia pareça ainda bastante distante desses períodos, é certo que em algum momentos eles acontecerão.

Porém, a resolução e a recuperação da sua empresa pode ocorrer independentemente de qualquer situação econômica, para isso basta determinar planos de ação e trabalhar para realizá-los. Tenha sempre em mente que há empresas que faliram, mas há também aquelas que triplicaram de tamanho. O essencial aqui é buscar saber o que fazer para fazer parte das do segundo grupo. (Recomendamos também dar uma olhada neste texto: Como preparar sua empresa para os momentos difíceis)

Sua empresa está passando por dificuldades e você precisa de uma consultoria? Fale conosco! (Clique aqui)

Veja mais artigos do nosso blog:

Retorno do lockdown e nova onda da pandemia: 6 passos para sobreviver em períodos de crise

6 dicas de como atrair mais clientes para sua loja

Você é dono de loja e está sempre em dúvida do o que fazer para atrair e conquistar mais clientes? Segue a leitura que preparamos seis dicas infalíveis de como conseguir atrair mais clientes para sua loja de uma maneira contínua e sem a necessidade de estar sempre inventando combos, promoções, cupons e ações de lançamento.

Retorno do lockdown e nova onda da pandemia: 6 passos para sobreviver em períodos de crise

6 razões para investir em networking

Você é daqueles empreendedores que sempre repetem que não vale a pena se preocupar com networking? Que falam que isso é papo de coach e o melhor é focar em economizar gastos e crescer na empresa? Puxa a cadeira e pega um cafezinho para mudar sua opinião. Vamos te convencer de que vale a pena sim investir em networking e que cada moeda gasta com isso deve ser vista como um investimento direto na sua empresa.

Retorno do lockdown e nova onda da pandemia: 6 passos para sobreviver em períodos de crise

4 formas baratas de investir no treinamento dos colaboradores

Talvez você seja aquele tipo de empreendedor que está sempre repetindo que não sobra dinheiro para investir no treinamento dos colaboradores, que esse tipo de investimento custa muito caro e é melhor deixar pra depois. Para ajudar você a esquecer essas desculpas, neste post preparamos 4 dicas fáceis e baratas de investimento em treinamento para os colaboradores.

Conheça nossos serviços:

Contabilidade para Youtubers

Nossa Contabilidade para Youtubers é focada em gerar o menor trabalho possível para o produtor de conteúdo, deixando você livre para focar no que mais importa: produzir seus conteúdos!

Saiba Mais

Contabilidade para MEI

Ganhe destaque com seu Microempreendimento por meio de um CNPJ. Evite dores de cabeça e contrate a nosssa contabilidade especializada para MEI. Estaremos lado a lado para ajudar no crescimento do seu negócio.

Saiba Mais

Contabilidade para Prestadores de Serviços

Você teve a oferta ideal para trabalhar naquela empresa que tanto queria. Mas te pedem abrir uma PJ e você não sabe por onde começar. Deixe a burocracia com a Conta Junto e usufrua do seu novo trabalho.

Saiba Mais

Contabilidade para Empresas de TI

Você respira tecnologia e sua contabilidade ainda é no papel? Aqui na Conta Junto somos especialistas em atender às demandas digitais. Foque apenas nos códigos e deixe a parte burocrática conosco.

Saiba Mais

Contabilidade para Advogados

Em muitos casos, é bem provável que o(a) Doutor(a) esteja pagando mais impostos do que deveria. Por isso é necessário ter uma contabilidade especializada no seu segmento. Nós da Conta Junto somos já ajudamos nossos clientes a economizarem até 83% com impostos.

Saiba Mais

Contabilidade para Infoprodutores e Afiliados

Se preocupe apenas em alavancar ainda mais suas vendas e produzir conteúdos. A parte burocrática deixe com a gente.

Saiba Mais
Chamar no WhatsApp