O que é Job Rotation e como aplicá-lo na empresa

Job Rotation

Em todo ambiente de trabalho é muito comum que os processos atrasem porque os colaboradores acabam se tornando muito dependentes uns dos outros. Claro, é natural que as pessoas dependam umas das outras na execução de certas tarefas, mas há uma grande diferença entre colaborar e depender.

Sabe aquelas situações em que se faltar uma pessoa, então a equipe fica toda perdida e não faz a mais mínima ideia do que fazer? Pois é, isso ocorre porque a equipe acaba se tornando extremamente dependente do líder, o que pode ser um problema.

Foi por isso que surgiu o conceito de job rotation. Esta é uma ferramenta de gestão útil para que empresas consigam produzir colaboradores com maior autonomia de decisão e capacidade para operar em diferentes posições sempre que possível.

Se sua empresa precisa que seus colaboradores se tornem mais independentes, confira o texto para aprender a resolver este problema.

O que é Job Rotation

O Job Rotation é um sistema de organização no qual os colaboradores trabalham executando um rodízio de funções, isto é, os funcionários efetuam uma troca de funções por um determinado período de tempo para que assim possam aprender um pouco mais sobre as necessidades e desafios enfrentados pelas outras pessoas.

Durante o período de Job Rotation, cada funcionário exercerá uma ou mais funções diferentes da usual. Espera-se que ele aprenda e seja capaz de aprender e executar o mínimo de cada função em que ele esteja.

Como organizar um período de Job Rotation

Não há exatamente uma regra de como organizar um período de job rotation. Toda a experiência pode ser feita em um dia, ou até mesmo por alguns meses. Porém, o recomendado é que não ultrapasse um período de seis meses.

Além disso, para escolha dos colaboradores que passarão por esse período é necessário que você identifique antes qual grupo de pessoas ou até mesmo quais departamentos podem se beneficiar de um maior dinamismo e cooperação entre eles.

Em geral, há alguns sinais de que talvez sua empresa precisa de algum período de Job Rotation, por exemplo:

– Incapacidade de executar processos na ausência de um líder,

– Incapacidade para compreender como atrasos e faltas afetam o andamento dos processos da empresa,

–  Incapacidade de realizar tarefas que sejam diferentes das suas,

– Atrasos na execução dos processos em razão da mútua dependência,

– Incapacidade de gerência e tomada de decisões na ausência de um líder,

– Dentre outros.

Se sua empresa convive com qualquer um desses problemas, ou outros semelhantes, então há um bom indicativo de que ela possa se beneficiar de um período de job rotation.

Job Rotation

Quais são os benefícios do Job Rotation

Há vários benefícios que sua empresa pode colher de um período de job rotation. Alguns de seus principais:

– Maior dinamismo na execução dos processos,

– Treinamento de funcionários independentes para executar diversas tarefas,

– Treinamento de outros colaboradores que possam atuar como líder,

– Maior cooperação mútua,

– Maior agilidade na execução dos processos da empresa,

– Dentre outros.

Conclusão

Neste post, falamos sobre como resolver o problema da extrema dependência entre os colaboradores de uma empresa. A solução está em uma ferramenta de gestão chamada Job Rotation.

Para que você possa relembrar os pontos principais sobre a job rotation:

– Consiste num período em que os funcionários executam funções das suas funções usuais,

– Pode ser organizada para beneficiar a relação entre diferentes departamentos de uma empresa, como também entre as pessoas de um determinado grupo,

– Há diversos benefícios adquiridos de um período de job rotation, como um maior dinamismo na execução dos processo e maior cooperação entre os colaboradores.        

Precisa de uma ajuda com a gestão contábil da sua empresa? Clique aqui e fale conosco.

Veja mais artigos do nosso blog:

Conheça nossos serviços:

plugins premium WordPress