3 formas de definir e ajustar os seus preços do jeito certo

Como ajustar o preço

Se você está sempre perdido sobre como fazer para ajustar os seus preços, este post é para você. Vamos falar de três dimensões que você deve estar sempre atento na hora de definir e ajustar os seus preços.

A precificação de um produto nunca pode ser feita de modo aleatório e sem um planejamento. Há diversos fatores que devem ser considerados na hora de definir o preço de qualquer produto.

Fatores até que muita gente ignora e por isso mesmo erra feio na hora de cobrar o valor certo pelo seu trabalho. Acompanha o texto para aprender as 3 formas de aprender a realizar a precificação correta.

1) Precificação com base em custos

A primeira forma de ajustar os seus preços é com base nos custos de produção. Se os preços dos insumos dos seus produtos variam e aumentam, é importante que você consiga definir um preço com alguma margem de segurança.

Em épocas de aumento de inflação, por exemplo, é muito importante que você esteja atento às variações dos preços dos produtos. Essas variações podem ser um um bom indicativo de que seus preços devem ser ajustados.

Para ajustar seus preço com base em custos é necessário ter atenção com os seguintes fatores:

– Custo dos insumos,

– Tempo necessário para produção,

– Valor da sua hora de trabalho.

Infelizmente, muitos empreendedores não consideram o terceiro fator e por isso erram na sua precificação.

Por isso, independentemente do seu tempo de experiência, determine o valor mínimo da sua hora de trabalho e inclua no seu cálculo de preço.

2) Precificação com base na concorrência 

O segundo fator de ajuste de preços é a precificação com base na concorrência. Nessa forma de ajuste, você deve pesquisar os preços dos seus concorrentes para saber o quanto ainda pode ajustar os seus próprios preços.

É importante ter em mente que você nunca deve basear seus preços somente nos preços dos concorrentes. Porém, você deve checar os preços dos concorrentes para entender melhor a janela de preços disponível para aqueles produtos.

Esse tipo de pesquisa é recomendada, principalmente, para quem está começando a conhecer um determinado mercado.

Há algumas perguntas que podem ajudá-lo na hora de ajustar seus preços com base na concorrência, como:

– Há margem para aumentar meus preços?

– O que devo fazer para aumentar o ticket-médio das minhas vendas?

– Quais as qualidades e defeitos dos meus produtos em comparação aos produtos dos meus concorrentes?

como ajustar o preço

3) Precificação com base no público-alvo

A terceira forma de ajustar sua precificação é com base no seu público-alvo. Todo empreendedor deve conhecer bem o seu público-alvo, e entender sobretudo quanto ele está disposto a pagar por produtos daquele nicho.

Portanto, faça pesquisas com seu público para saber quais são os produtos prediletos deles e procure entender os produtos que eles mais gostam. Também se preocupe em entender o que vende bem e o que não vende bem dentre os seus produtos.

Para certos itens, pode ser que você tenha que aumentar o preço para conseguir vender mais. Para outros, pode ser que tenha que criar combos e/ou promoções para aumentar as vendas.

No fim, procure entender o que as pessoas compram, porque elas compram e qual preço elas estão dispostas a pagar. Isso mudará completamente a sua percepção de como funciona o mercado em que atua.

Você é daquelas pessoas que tem medo de aumentar o preço? Não deixe de ver este texto: Medo de aumentar o preço? Descubra como aumentar o preço dos seus produtos

Precisa de um diagnóstico empresarial para sua empresa? Clique aqui, e agende conosco, gratuitamente.

Veja mais artigos do nosso blog:

Conheça nossos serviços:

plugins premium WordPress