Na maioria das vezes quando se fala em planejamento tributário para

empresas de TI para um sócio de

uma dessas empresas, o primeiro sentimento que aparece é que isto é complicado. Na verdade “codar” é que é complicado, não é mesmo? Ao menos para mim. Portanto o que podemos tirar como primeira lição deste assunto é que sempre haverá alguém preparado para atender nossas demandas, não é mesmo? E a melhor opção sempre é contar com um profissional.

Neste artigo vamos você vai entender o porquê de se fazer um bom planejamento tributário e como não é complicado fazer isto, se você buscar os recursos corretos. Então vamos

aos tópicos:

– O que é planejamento tributário?

– Como fazer o planejamento tributário de forma prática

– Quando e como devo decidir qual o melhor regime tributário para meu CNPJ?

– Conclusão

1) O que é planejamento tributário para empresas de TI ?

A legislação tributária é extensa, complexa e demanda tempo e conhecimento para entendê-la. Imagine você entrar no mar para mergulhar mas esqueceu todos os acessórios. Não levou o tubo de oxigênio, o snorkel, nem as nadadeiras e a máscara. Você terá que respirar sozinho, vai consumir muito mais do seu corpo e talvez você até morra, não é mesmo? É assim que um empreendedor que não faz um bom planejamento tributário se sente. Passa um tempão passando mais impostos do que deveria e tem a sensação de que vai se afogar com a carga tributária. E a maioria destes empreendedores começam a reclamar, o que drena muito da sua energia. Planejamento tributário, em última análise, é o mapa tributário que você precisa para empreender em seu negócio, seja ele novo ou já exista há algum tempo e está custando caro.

2) Como fazer o planejamento tributário de forma prática

Não tem jeito, a melhor forma de fazer algo bem feito é contratando um profissional confiável no assunto. Tudo o que sai desse âmbito pode gerar impacto negativo e, futuramente, gera a necessidade de contratar o tal profissional para arrumar o que não está correto. Então aqui vai o passo-a-passo para fazer um planejamento tributário para empresas de TI que seja efetivo e realmente representa economia no futuro.

a) Faça um bom plano de negócios

Por menor que seja seu negócio, ele só vai crescer de verdade se você tiver um bom plano de negócios. Um Business Model Canvas bem feito já te dará o caminho a ser seguido. Mas sem um bom plano você vai andar à mercê da sorte. Se você não sabe nem por onde começar, esta é uma boa hora para iniciar as conversas com um bom profissional.

b) Compartilhe este plano com um profissional da área tributária

Muitos planos são interessantes no campo estratégico, mas pode ser uma armadilha na questão tributária. E vice-versa. Depois que você tem uma estratégia bem definida é a hora de colher os pitacos de quem entende muito como funciona a tributação. O investimento que você fará permitirá uma economia tributária significativa, a ponto de você recuperar este valor, em muitos casos, já no primeiro mês de operação do seu empreendimento. Recorra a um Contador e, se necessário, a um Advogado também. Ambos trarão luz sobre este tema nebuloso, pode ter certeza. Mas tenha o cuidado de buscar o profissional adequado inclusive para seu nível de conhecimento sobre o tema. Recorrer à ajuda de um profissional que fala contabilês ou juridiquês pode mais atrapalhar que ajudar.

c) Mude sua mentalidade sobre impostos

Seja você um liberal, um conservador, um progressista ou qualquer que seja sua vertente político-econômica, entenda que o governo pode mais que você e a esfera para mudar essa realidade não é a da sonegação. Você se propôs a criar um negócio, vai gerar empregos (mesmo que não seja imediatamente) e certamente você pensou em iniciar um negócio para ter lucros e prosperar. Deixar uma porta aberta para o governo desfazer isto é uma imprudência desmedida que fará com que você sofra consequências no futuro.

d) Colha os frutos!

Iniciar o negócio e pagar impostos de forma inadequada gera uma frustração imensa. Mas depois de fazer um bom planejamento tributário o que você mais vai sentir é a satisfação de pagar apenas aquilo que é devido, sem desperdício de um recurso tão importante para seu empreendimento: o dinheiro.

3) Quando e como devo decidir qual o melhor regime tributário para meu CNPJ?

No Brasil existem 3 regimes tributários: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real. Só é possível alterar o tipo de tributação do seu empreendimento, optando por um dos 3 regimes, até dia 31 de Janeiro de cada ano. Para fazer a opção por um ou outro regime tributário o melhor a fazer é contar com a ajuda de um profissional, até porque é necessário ter um Contador que assine as obrigações acessórias (declarações) pela sua empresa junto com você, sócio-administrador.

A opção pelo Simples Nacional é feita pelo portal do Simples na Internet. Já a opção pelos outros regimes é feita nos cálculos dos impostos e na entrega de determinadas declarações ao Fisco.

4) Conclusão

Nenhuma outra frase faz mais sentido quando o assunto é planejamento tributário para empresas de TI: “o barato pode sair caro”. Economizar com a assessoria correta para seu empreendimento pode te fazer pagar impostos de forma errada por anos! Ou seja: menos lucro (ou talvez até prejuízo) ou então sonegação serão os únicos caminhos que você passará a enxergar, mesmo querendo fazer tudo da forma correta no início. Então não se iluda, busque auxílio, economize com impostos e seja mais feliz!

Deseja Abrir sua empresa de TI ? Clique Aqui

Deixe sua opinião nos comentários. Como você fez na sua empresa? Já fez um diagnóstico do quanto está

pagando de impostos para ter certeza de que está economizando tudo que pode?

Conheça nossos serviços:

Contabilidade para Youtubers

Nossa Contabilidade para Youtubers é focada em gerar o menor trabalho possível para o produtor de conteúdo, deixando você livre para focar no que mais importa: produzir seus conteúdos!

Saiba Mais

Contabilidade para MEI

Ganhe destaque com seu Microempreendimento por meio de um CNPJ. Evite dores de cabeça e contrate a nosssa contabilidade especializada para MEI. Estaremos lado a lado para ajudar no crescimento do seu negócio.

Saiba Mais

Contabilidade para Prestadores de Serviços

Você teve a oferta ideal para trabalhar naquela empresa que tanto queria. Mas te pedem abrir uma PJ e você não sabe por onde começar. Deixe a burocracia com a Conta Junto e usufrua do seu novo trabalho.

Saiba Mais

Contabilidade para Empresas de TI

Você respira tecnologia e sua contabilidade ainda é no papel? Aqui na Conta Junto somos especialistas em atender às demandas digitais. Foque apenas nos códigos e deixe a parte burocrática conosco.

Saiba Mais

Contabilidade para Infoprodutores e Afiliados

Se preocupe apenas em alavancar ainda mais suas vendas e produzir conteúdos. A parte burocrática deixe com a gente.

Saiba Mais

Contabilidade para Médicos

Até quando ficará enviando planilhas e extratos para sua contabilidade? E até quando vai ocupar o tempo da sua secretária com a separação de papéis? Com a Conta Junto sua preocupação será com quem mais importa para seu negócio: Seus pacientes.

Saiba Mais

Veja mais conteúdos:

3 ações para aumentar o faturamento da sua loja de informática

3 ações para aumentar o faturamento da sua loja de informática

Ainda que computadores e outros aparelhos de informática sejam populares na residência de qualquer pessoa dos dias de hoje, as pessoas entendem pouco sobre aspectos técnicos desses aparelhos, como peças, funcionalidades, o tipo de tecnologia utilizada, e outros fatores. Por essa razão, a venda de produtos de informática depende de uma boa comunicação com o cliente. Se o cliente não entende o produto, ele já cria inúmeras objeções na hora de comprar. Para ajudá-lo a vencer algumas dessas dificuldades, segue a leitura que apresentaremos três ações infalíveis para aumentar o faturamento da sua loja de informática.

Entenda o que é transformação digital e porque ela é importante para a sua empresa

Entenda o que é transformação digital e porque ela é importante para a sua empresa

A recente crise financeira causada pela pandemia fez com que várias empresas tivesse que se adaptar ao universo digital como forma de continuar os processos de captação e atendimentos de clientes. De repente, empresas que atuavam somente de forma física, sem presença nas redes sociais ou qualquer outro meio digital, viram-se diante do problema de ter que digitalizar sua empresa para evitar ter que fechar as portas. Por essa razão, a ideia de transformação digital das empresas tem conquistado bastante popularidade entre empreendedores.

Como superar a sensação de que sua empresa não sai do lugar

Como superar a sensação de que sua empresa não sai do lugar

Você vive com a sensação constante de que sua empresa não sai do lugar e está sempre andando em círculos? Está sempre com a sensação de que trabalha, trabalha, mas nada avança e nunca há qualquer progresso? Infelizmente, esses são problemas comuns para muitos empreendedores. Se você já viveu ou está vivendo uma experiência semelhante, neste texto abordaremos um simples passo a passo para você conseguir vencer esse momento e retomar o progresso da sua empresa. Confere aí:

Gerenciar uma empresa não é uma tarefa fácil. Lidar com uma equipe de funcionários, clientes, prazos, um mercado de trabalho em constantes mudanças, entre outros, são apenas alguns dos desafios enfrentados por aqueles que decidem guiar o próprio negócio.

E aqui os profissionais jurídicos não estão fora do quadro, pois é muito comum que, após a aprovação no Exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), alguns advogados decidam abrir seu próprio escritório.  

Somado à isso tudo, ainda existe o quesito administração das finanças de uma empresa, que não é uma tarefa fácil. Nos escritórios de advocacia é muito comum que essa tarefa seja encarregada a um advogado, o grande problema é que nem todos os cursos de Direito oferecem uma boa base econômica e administrativa para a realização dessa função. 

Se você está enfrentando esse problema, dá só uma olhada nessa dica:

Aprenda como melhorar a gestão do seu tempo  

Os integrantes de um escritório de advocacia devem adotar práticas de desempenho que sejam vantajosas para a equipe e a rotina do local de trabalho, mas muitos encarregados não conseguem – e com justificativa – desempenhar essa função e garantir, ao mesmo tempo, que a atividade funcione com excelência.

Tais fatores não anulam o fato de que o fluxo financeiro do escritório, assim como de qualquer outra empresa, é um ponto de extrema importância em um escritório. O saldo do caixa não é só importante para o pagamento dos funcionários, mas também servir de parâmetro nos processos de tomada de decisões, para fazer com que o escritório cresça.

Para que os resultados obtidos nessa gestão financeira do escritório de advocacia sejam positivos algumas dicas podem ser seguidas, confira!

Dicas para melhorar o seu escritório de advocacia:

1.Defina metas

Se você tem um objetivo anote, programa-se e coloque em prática. Seja para montar um escritório de advocacia ou para desenvolver algum projeto dentro da sua empresa é preciso traçar metas.

Pesquise e calcule todo o investimento que será necessário e analise qual o melhor caminho para se seguir. É importante analisar o valor do investimento estimado para cada setor como: atendimento, marketing, RH, fundo de caixa e outros.

2. Acompanhe os resultados periodicamente

Para saber se o seu escritório de advocacia está trazendo o resultado esperado é preciso acompanhar sempre que possível. Defina prazos para mensurar os ganhos e analisar qual setor precisa de mais recurso ou onde os gastos precisam ser cortados, por exemplo.

Resumindo: De tempos em tempos é necessário conferir se o dinheiro está sendo investido de maneira coerente. Ah! Não se esqueça de mensurar os resultados para curto, médio e longo prazo.

3. Escute a voz da experiência  

Ter alguém graduado em um curso de finanças analisando as contas do escritório é uma medida que fará toda diferença no processo de controle financeiro. Alguém que entende do assunto, e se dedique unicamente aos assuntos financeiros do escritório é um diferencial que te permite destaque no mercado competitivo.

Só um especialista se atentará a detalhes que um profissional consegue ver, sabendo onde o escritório deve operar mudanças, e gerar melhorias. E, assim, os advogados da equipe podem se voltar às questões jurídicas.

4. Gerencie de perto suas despesas e gastos

Dentro de um escritório é importante saber exatamente em que os recursos estão sendo investidos e, claro, fazer o balanceamento de quanto dinheiro está entrando e de quanto está saindo. O objetivo de tal manobra é entender se no final do mês o seu escritório estará no vermelho ou não.

5. Invista em um software e otimize algumas tarefas

O software jurídico é atualmente uma das principais ferramentas utilizadas no escritório de advocacia para o auxílio e aperfeiçoamento na execução das tarefas diárias, sendo o setor financeiro um deles.  

Optar por um programa financeiro jurídico equipado com um auxiliar de gestão financeira é uma economia de tempo e dinheiro. Dessa forma afazeres como controle de honorários e despesas, organizar o fluxo de caixa, emitir faturas e outros são automatizados, e se tornam muito mais simples.

Diferenciais como esse garantem que obrigações como essa sejam otimizadas e tempo seja conquistado para investir no que realmente importa.

Além disso, uma boa dica é buscar por o melhor software jurídico que integra o controle das finanças com a organização das atividades da banca.

6. Tenha uma contabilidade especializada

Quando se busca por soluções que tem como principal objetivo o seu crescimento, a chance de sucesso é muito maior. Buscar uma contabilidade especializada para advogados faz toda a diferença no caminho para o sucesso financeiro do escritório de advocacia.

Planejamento tributário para redução de impostos, folha de pagamento dos advogados sócios, associados e estagiário, elaboração das Demonstrações Contábeis, são algumas das dificuldades de diversos gestores que passam a ser cuidadas pela contabilidade.

Ainda com dúvida de como uma contabilidade pode ajudar o seu escritório? Descubra aqui!

7. Crie um fundo de caixa

É normal épocas de recessão, seja por causa de uma crise econômica ou de fatores externos que contribuam para diminuir o ritmo de trabalho. Por isso, é indispensável contar com um fundo de caixa para que há contas continuem sendo pagas mesmo com menos dinheiro entrando no escritório.

Conheça nossos serviços:

Contabilidade para Youtubers

Nossa Contabilidade para Youtubers é focada em gerar o menor trabalho possível para o produtor de conteúdo, deixando você livre para focar no que mais importa: produzir seus conteúdos!

Saiba Mais

Contabilidade para MEI

Ganhe destaque com seu Microempreendimento por meio de um CNPJ. Evite dores de cabeça e contrate a nosssa contabilidade especializada para MEI. Estaremos lado a lado para ajudar no crescimento do seu negócio.

Saiba Mais

Contabilidade para Prestadores de Serviços

Você teve a oferta ideal para trabalhar naquela empresa que tanto queria. Mas te pedem abrir uma PJ e você não sabe por onde começar. Deixe a burocracia com a Conta Junto e usufrua do seu novo trabalho.

Saiba Mais

Contabilidade para Empresas de TI

Você respira tecnologia e sua contabilidade ainda é no papel? Aqui na Conta Junto somos especialistas em atender às demandas digitais. Foque apenas nos códigos e deixe a parte burocrática conosco.

Saiba Mais

Contabilidade para Infoprodutores e Afiliados

Se preocupe apenas em alavancar ainda mais suas vendas e produzir conteúdos. A parte burocrática deixe com a gente.

Saiba Mais

Contabilidade para Médicos

Até quando ficará enviando planilhas e extratos para sua contabilidade? E até quando vai ocupar o tempo da sua secretária com a separação de papéis? Com a Conta Junto sua preocupação será com quem mais importa para seu negócio: Seus pacientes.

Saiba Mais

Veja mais conteúdos:

Por que minha empresa não cresce? Conheça 3 motivos principais

Por que minha empresa não cresce? Conheça 3 motivos principais

Todo empreendedor já experimentou a sensação de não saber para onde a empresa está indo, de que tudo está fora de controle, estagnou e não há muito o que fazer para sair dali. Em geral, assim que essa fase chega, a primeira reação é sempre apontar os culpados mais comuns: a economia, os clientes, a equipe, a maré baixa, ou qualquer outro fator externo. Grande parte desses empreendedores não acredita no processo de crescimento de uma empresa.

Entenda o que é BPO (Business Process Outsourcing)

Entenda o que é BPO (Business Process Outsourcing)

Assim que uma empresa cresce, surgem novas preocupações e demandas. Logo as novas dimensões começam a exigir novos profissionais, como contadores, gerentes financeiros, diretores de marketing, dentre outros. Ou ainda, o crescimento da carteira de clientes significa novos desafios e novas exigências de especialização. O problema, naturalmente, é que trazer mais pessoas significa mais contratos e mais tempo gasto em processos seletivos. Foi para resolver problemas desse tipo que nasceu o chamado BPO (Business Process Outsourcing)

Aprenda a gerar vendas recorrentes para sua loja

Aprenda a gerar vendas recorrentes para sua loja

Para fazer vendas recorrentes, contudo, não é necessário que você tenha um serviço de assinaturas. Há diversas formas de assegurar vendas recorrentes utilizando de algumas estratégias para fazer com que o seu cliente retorne a sua loja diversas vezes e por diferentes motivos. Sabe aquela estratégia do mecânico que oferece uma manutenção e troca de óleo por um valor baixo, mas quando você faz o serviço, ele dá uma olhada no seu carro e fala: “olha, já que nós fizemos a manutenção, seria importante também a gente trocar uma peça X ou Y”. Ali, pode até ser que o mecânico não saiba, mas ele acaba de criar uma pequena recorrência.

Você acaba de ganhar um diagnóstico GRATUITO com nosso contador!

Vamos verificar o que está sendo feito correto e o que pode melhorar na gestão COMPLETA da sua empresa.

E se você está começando agora, é nesta reunião que aprenderá TUDO que precisa para abrir seu CNPJ do jeito certo.