Como abrir uma empresa de Representação Comercial?

Como abrir uma empresa de Representação Comercial

Vamos entender com mais detalhes as questões que envolvem a atividade do representante comercial e como abrir uma empresa de representação comercial.

A representação comercial é uma atividade desempenhada sem relação de emprego para a realização de negócios entre empresas. O representante comercial negocia propostas entre a empresa cliente e a empresa representada.

A representação comercial é uma atividade regulamentada pela Lei 4.886/65, a lei fala sobre a obrigatoriedade de registro no Conselho Regional, o contrato de prestação de serviços, quem está impedido de ser representante comercial, entre outros assuntos pertinentes.

Por ser uma atividade sem vínculo empregatício, podendo ser exercida por meio de uma empresa de representação comercial ou de forma autônoma; vamos falar sobre a abertura de empresa de representação comercial. Tendo em vista que, devido a elevada carga tributária para a pessoa física que trabalha como autônomo, a opção mais vantajosa é abrir um CNPJ para exercer a profissão.

Quando abrir uma empresa de Representação Comercial

De um modo geral, duas situações vão contribuir para a sua decisão de abrir a empresa:O mercado: o próprio mercado de trabalho vai impor ou não essa condição a você, pois muitas empresas preferem contratar profissionais que tenham seu próprio CNPJ e possam emitir notas fiscais do que profissionais autônomos.

Os custos: conforme comentamos acima, a carga tributária para um representante comercial autônomo é muito alta; visto que ele terá que pagar: 11% de INSS, Imposto de Renda que pode chegar a 27,5% e ISS, cuja alíquota vai depender do município.

Empresário Individual, EIRELI ou Sociedade Limitada para Empresa de Representação Comercial?

A escolha da natureza jurídica da empresa vai depender de como você vai trabalhar: vai trabalhar sozinho ou terá um sócio?

Se for trabalhar sozinho as opções são: Empresário Individual ou EIRELI.

Confira aqui todos os detalhes sobre Empresário Individual e EIRELI e as diferenças entre um e outro.

Se for trabalhar em conjunto com outro profissional, poderá abrir uma Sociedade Limitada. A sociedade pode ser formada por dois ou mais sócios, onde cada um contribui para a formação do capital inicial da empresa e a responsabilidade dos sócios é restrita ao valor do capital social.

Empresa de Representação Comercial também precisa de alvará municipal?

Sim, toda empresa precisa de alvará municipal, o que ocorre é que algumas atividades têm menos exigências que outras no que diz respeito às licenças necessárias.

Preciso de um endereço comercial ou posso usar meu endereço residencial?

Sabemos que para a realização da atividade de representação comercial não é necessário uma sede física; pois que se desloca até o cliente é o próprio representante.

Porém, toda empresa precisa ter um endereço cadastrado junto aos órgãos públicos, mesmo que esse endereço seja apenas como “escritório de contato”.

Neste caso, você pode utilizar como endereço da empresa um escritório coworking, por exemplo, ou mesmo sua residência e cadastrá-lo como “endereço para correspondência” ou “escritório de contato” como algumas prefeituras chamam.

Preciso contratar um contador para abertura da empresa?

A assessoria de um contador é obrigatória na abertura de qualquer empresa, com exceção do MEI.

O contador é o profissional capacitado para dar todo apoio que o empresário precisa neste momento. É a assessoria contábil quem vai dar entrada nos processos nos órgãos públicos, orientar sobre o melhor caminho a seguir, o regime tributário mais vantajoso e tudo o que o empresário precisar.

Nós, aqui da Conta Junto, somos especialistas em prestadores de serviços e nossa experiência tem ajudado centenas de empreendedores nesse momento tão importante.

Por isso entre em contato agora conosco para que possamos ajudar você também!

Quando vou poder emitir nota fiscal?

Assim que sua empresa estiver aberta, com Registro na Junta Comercial, CNPJ e Alvará Municipal; nosso escritório irá solicitar a prefeitura municipal da sua cidade a “Autorização para Emissão de Notas Fiscais” e pronto, sua empresa já estará apta a emitir as notas.

Quanto minha empresa de representação comercial vai pagar de imposto?

As alíquotas que sua empresa pagará de imposto vai depender do Regime Tributário escolhido.

Para escolher o melhor regime de tributação, vamos analisar alguns fatores como: a expectativa de faturamento da empresa nos próximos meses, a margem de lucro esperada e a cidade em que a empresa está localizada.

Os regimes tributários disponíveis para a empresa de representação comercial são: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

Veja abaixo as alíquotas dos dois principais regimes para a atividade representação comercial:

Representação Comercial no Simples Nacional

As alíquotas se iniciam em 6% no Anexo III e 15,50% no Anexo V. Para tributar no Anexo III o valor da folha de pagamento, pró-labore e encargos da empresa deve ser igual ou superior a 28% do faturamento.

Para entender melhor, clique aqui, e veja em detalhes como funciona o cálculo do Simples Nacional, ou se preferir assista nosso vídeo sobre o assunto.

Representação Comercial no Lucro Presumido

As alíquotas podem variar de 13,33% a 16,33% dependendo do município. Sendo 11,33% de impostos federais (Pis, Cofins, IRPJ e CSLL) e 2% a 5% de imposto municipal (ISS).

No município de São Paulo, a alíquota do ISS para atividade de Representação Comercial de qualquer natureza é 5%.

Registro no Conselho Regional dos Representantes Comerciais – CORE

A atividade de Representação Comercial é uma atividade regulamentada por lei e por conta disso, é obrigatório o seu registro no CORE.

Os documentos necessários para registro no CORE-SP são:

DOCUMENTAÇÃO PARA REGISTRO PESSOA JURÍDICA LTDA, EIRELI, S/A E OUTRAS SOCIETÁRIAS E PESSOA FÍSICA RESPONSÁVEL TÉCNICO.

Pessoa Jurídica / Cópias Simples:

1 – Contrato Social de constituição e alterações contratuais consolidadas devidamente registradas no órgão competente e inscrição no CNPJ;

2 – Cédula de Identidade e CPF e ou CNH válida e ou RNE para estrangeiros de todos os sócios e ou administradores;

3 – Comprovante de Residência atual de no mínimo até 03 meses;

4 – Cópia da quitação das contribuições devidas ao Sindicato, e ou comprovante de optante do simples nacional;

5 – Declaração de indicação do responsável técnico (original).

Observação: Se o registro for requerido através de terceiros será necessário apresentar procuração específica.

Pessoa Física Responsável Técnico / Cópia Simples:

1 – Cédula de Identidade e CPF, e ou CNH válida e ou RNE para estrangeiros;

2 – Comprovante de Residência atual de no mínimo até 03 meses;

3 – Comprovante de quitação com o serviço militar, para os profissionais do sexo masculino que tenham até 45 anos (exceto estrangeiros);

4 – Prova de estar em dia com as obrigações eleitorais – certidão de quitação eleitoral; exceto estrangeiros;

5 – Cópia da quitação das contribuições devidas ao Sindicato.

Observação: Se o registro for requerido através de terceiros será necessário apresentar procuração específica.

Fonte: CORE-SP

Conheça nossos serviços:

Contabilidade para MEI

Ganhe destaque com seu Microempreendimento por meio de um CNPJ. Evite dores de cabeça e contrate a nosssa contabilidade especializada para MEI. Estaremos lado a lado para ajudar no crescimento do seu negócio.

Saiba Mais

Contabilidade para Prestadores de Serviços

Você teve a oferta ideal para trabalhar naquela empresa que tanto queria. Mas te pedem abrir uma PJ e você não sabe por onde começar. Deixe a burocracia com a Conta Junto e usufrua do seu novo trabalho.

Saiba Mais

Contabilidade para Empresas de TI

Você respira tecnologia e sua contabilidade ainda é no papel? Aqui na Conta Junto somos especialistas em atender às demandas digitais. Foque apenas nos códigos e deixe a parte burocrática conosco.

Saiba Mais

Contabilidade para Advogados

Em muitos casos, é bem provável que o(a) Doutor(a) esteja pagando mais impostos do que deveria. Por isso é necessário ter uma contabilidade especializada no seu segmento. Nós da Conta Junto somos já ajudamos nossos clientes a economizarem até 83% com impostos.

Saiba Mais

Contabilidade para Produtores e Afiliados

Se preocupe apenas em alavancar ainda mais suas vendas e produzir conteúdos. A parte burocrática deixe com a gente.

Saiba Mais

Contabilidade para Médicos

Até quando ficará enviando planilhas e extratos para sua contabilidade? E até quando vai ocupar o tempo da sua secretária com a separação de papéis? Com a Conta Junto sua preocupação será com quem mais importa para seu negócio: Seus pacientes.

Saiba Mais

Veja mais conteúdos:

Como abrir e manter uma microempresa

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) garante que no Brasil seis em cada dez novos empreendimentos fecham suas portas antes mesmo de completar quatro anos de atividades. Os motivos são variados, mas todos convergem para um mesmo problema: má administração e falta de gestão financeira. Não basta abrir uma microempresa. É preciso mantê-la […]

Continuar Lendo…
O que abrir: Uma microempresa (ME), uma empresa de pequeno porte (EPP) ou uma microempresa individual (MEI)?

Todo empreendimento de sucesso começa sempre da mesma forma: a partir de uma boa ideia ou de uma oportunidade de negócio que aparece para o empreendedor. Mas é claro que esse sucesso também dependerá de muito trabalho, um pouco de sorte e da formalização correta para o negócio. Afinal, o que abrir: uma microempresa (ME), […]

Continuar Lendo…
As vantagens de ser um microempreendedor individual (MEI)

A atividade empreendedora é realizada de forma muito mais segura e apta a alcançar melhores resultados quando o negócio é formal. A informalidade é limitante, sobre isso não há dúvidas. Mais de dez milhões de brasileiros já aderiram ao MEI, formalizando seus negócios, emitindo nota fiscal e crescendo profissionalmente. Mas quais são as vantagens de […]

Continuar Lendo…