Contabilidade para restaurantes: como abrir um restaurante

Se você chegou aqui, está pensando em abrir um restaurante ou até mesmo já tenha um e deseja saber como funciona a contabilidade para restaurantes. Seja você de qualquer ramo, analisar a contabilidade e entender como ela funciona é importante. 

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente a importância do seu negócio. Afinal, estamos falando de venda de refeições, o que precisa de cuidados. Além disso, se atentar a parte da contabilidade pode ajudar seu restaurante a crescer.

No texto a seguir, você irá aprender como funciona a contabilidade para restaurantes e também irá aprender como melhorar as vendas. Assim sendo, se pretende ter um restaurante, continue a leitura.

Contabilidade para restaurantes, como abrir um restaurante

Quais são os custos fixos de um restaurante?

O primeiro passo é entender quais são os gastos essenciais do seu negócio. De forma simples, estes são aqueles gastos mensais que são obrigatórios para que seu restaurante funcione.

Cada tipo de negócio possui itens diferentes, confira quais são os de um restaurante.

– Energia elétrica

– Água

– Aluguel do espaço

– Fornecedores dos alimentos

– Equipe

– Produtos de limpeza

Parecem simples, mas não são. Sem esses itens, seu negócio não consegue existir. Durante o processo de análise da contabilidade para restaurantes esses itens são primordiais.

Contabilidade para restaurantes, como abrir um restaurante

Veja aqui como embutir todos estes custos no seu preço: 3 formas de definir e ajustar os seus preços do jeito certo.

A seguir você confere o que fazer para aumentar as vendas do seu restaurante. 

Como aumentar as vendas de um restaurantes

Seja em qualquer negócio, saber como aumentar as vendas é importante. Todavia, quando falamos de restaurantes isso é ainda maior. Porém, entender quais as melhores estratégias para aumentar as vendas é complexo.

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente que o serviço prestado deve ser de qualidade. Quando vamos a um restaurante, desejamos um bom serviço e uma boa qualidade nos produtos.

Dessa forma, caso ofereça esses dois itens, já consegue aumentar um pouco suas vendas.

Mas essas são estratégias básicas, que apesar de fazerem a diferença, não aumentam muito as vendas. Portanto, é preciso outras estratégias para realizar isso.

Com a chegada da pandemia, surgiram novos meios de se vender comida. Os chamados deliverys aumentaram e muito as vendas de alguns restaurantes. Portanto, para seu restaurante conseguir um maior número de vendas, é preciso se aliar a apps de delivery.

10 dicas para ter um cardápio de sucesso no IFood

Ademais, aumentar a presença online do seu negócio é importante para o marketing.

Assim como empreendimentos de outros setores, o restaurante também precisa do marketing. Tanto o marketing comum quanto o marketing digital auxiliam seu negócio. 

Portanto, se deseja aumentar as vendas da sua empresa, busque formas de anunciar.

Essa é uma das melhores formas de aumentar as vendas. A contabilidade para restaurantes ajuda e muito na tomada dessas decisões, pois permite que se saiba quanto pode ser investido em marketing.

CNAE para restaurantes

Qual CNAE utilizar na abertura de um restaurante

Em primeiro lugar, é preciso entender o que é a chamada CNAE. Para tornar-se legal, é preciso, em conjunto com o contador, estabelecer qual a CNAE mais adequada.

A Classificação Nacional de Atividades Econômicas nada mais é que um número que simboliza a atividade realizada pela sua empresa.

De forma ainda mais simples, o CNAE cria categorias para as empresas, tanto públicas quanto privadas. Assim sendo, para diversas questões é preciso ter acesso ao CNAE. Pois, até mesmo para conseguir o CNPJ é preciso ter o seu CNAE.

Mas qual escolher no caso de um restaurante, é preciso entender qual o melhor CNAE. Afinal, isso vai ser ideal para que seu restaurante cresça de forma legal e eficiente. A melhor maneira de escolher um CNAE, é com a ajuda de um contador. Pois, além da escolha do código adequado, também é uma forma de evitar taxas abusivas. 

Porém, vamos explicar quais os CNAEs existentes para essa classe de empresa.

CNAE para restaurantes

O primeiro é o CNAE para a área de alimentação, restaurantes e similares. Portanto, no caso do tema abordado nesse texto essa é a melhor opção. O código é 5611-2/01 e todas as informações a respeito das taxas e outras categorias podem ser encontradas no site do IBGE. 

Entretanto, as outras categorias podem ser usadas por aqueles que desejam abrir outros modelos de restaurantes como por exemplo lanchonetes.

Para te ajudar preparei um diagnóstico gratuito para o seu restaurante, basta clicar na imagem abaixo e agendar:

Porém, também é importante compreender qual o sistema de tributos para restaurantes. Pois, outro item essencial é esse. 

Como funciona a tributação para restaurantes

Por se tratar de um restaurante, o primeiro passo para realizar a escolha da tributação é entender o porte da empresa.

Em nosso país existem ao todo 3 tipos de regime de tributos. Confira abaixo quais são:

– Lucro real

– Lucro presumido

– Simples nacional

A escolha correta do regime de tributos, assim como do CNAE é importante para que a empresa de fato exista. 

Simples Nacional

O primeiro regime de tributos que vamos falar é o chamado simples nacional. Este, foi criado no ano de 2006 como forma de auxiliar os pequenos empreendedores. Dessa forma, o regime Simples Nacional serve para as micro e pequenas empresas. 

Todavia, o sistema possui uma forma de separar as empresas. Confira abaixo como isso é feito:

• Para microempresas, o valor recebido no ano não pode passar de R$ 360 mil de ganhos

• Já para as pequenas empresas, a faixa de rendimento deve ficar entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões de reais no ano

Portanto, para tornar possível a abertura legal do restaurante é preciso escolher qual o melhor modelo. Porém, no caso de restaurantes de maior porte, existe o chamado Lucro Presumido.

Lucro presumido

Neste modelo, a empresa recolhe de forma simples os valores relativos ao Imposto de Renda. Além disso, outro imposto também é recolhido de maneira mais simples: o CSLL.

A Contribuição Social para o Lucro Líquido também é um dos impostos mais importantes para uma empresa.

Impostos exigidos para restaurantes

Além do modelo de tributos que serão pagos pelo seu restaurante, também é preciso ter em mente sobre os impostos. Em nosso país, alguns impostos são exigidos para que o negócio funcione.

Afinal, é preciso pagar algumas taxas para que nosso negócio usufrua da legalidade. Cada setor possui um tipo de imposto cobrado, no caso dos restaurantes isso não é diferente

Alguns impostos padrão são cobrados. Veja abaixo quais são:

ICMS: Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços

ISS: Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza

IRPJ: Imposto de Renda Pessoa Jurídica

CSLL: Contribuição Social para o Lucro Líquido

PIS e Cofins 

Todos esses impostos servem para a área comercial, onde o restaurante atua. Porém, quando falamos de um comércio, diversos fatores precisam ser levados em consideração. 

Por exemplo, os impostos pagos para o negócio ter funcionários. Além disso, também existem aqueles que fazem parte do município, como por exemplo o IPTU. 

Cumprir de forma adequada os pagamentos de impostos é uma ótima forma de manter seu negócio em dia.

Vantagens de contratar uma contabilidade especializada em restaurantes

Tudo isso que foi mencionado acima pode ser realizado de forma simples com o apoio de uma equipe.

Afinal, quando falamos de abrir um restaurante ou de escolher as taxas que serão pagas, a melhor forma é por meio de uma contabilidade especializada em restaurantes. Pois, o contador é o único profissional capaz de elaborar o processo de taxas. 

Como em todos os setores de nossa vida, a melhor forma de evitar problemas é por meio de uma equipe profissional.

Porém, antes de contratar uma equipe profissional, busque a que melhor possa te atender. Além da escolha do regime tributário, a equipe auxilia nas decisões sobre o plano financeiro. 

Quando pensamos em abrir um restaurante, é preciso ter em mente sobre o plano de finanças. Pois, todos os itens que fazem parte do negócio precisam ser incluídos. Até mesmo as taxas e regimes de tributos. 

Nós somos uma contabilidade especializada em restaurantes, para contratar nossos serviços basta preencher o formulário: