Contabilidade para leigos: entenda os termos mais utilizados

Se você está sempre em dúvida sobre o que significa cada um daqueles termos utilizados pelos contadores, preparamos um guia rápido e simples para te ajudar:

GPS

O Guia da Previdência Social (GPS) é um documento contábil utilizado no recolhimento das contribuições sociais utilizadas por uma empresa. A Guia serve para para assegurar o direito ao chamado INSS. Há diversas regimes contábeis que devem utilizar o GPS, como MEI, ME, EI e EPP. (Para entender a diferença entre essas modalidades, veja este texto: O que abrir: Uma microempresa (ME), uma empresa de pequeno porte (EPP) ou uma microempresa individual (MEI)?)

CND

A Certidão Negativa de Débitos (CND) é um documento emitido junto à qualquer órgão fiscal do governo com o objetivo de confirmar a não existência de qualquer pendência financeira, ou até mesmo processual, em nome de uma determinada pessoa física e/ou jurídica.

FLUXO DE CAIXA

O chamado Fluxo de Caixa é um termo utilizado para se referir ao fluxo de dinheiro no caixa de uma empresa em um determinado período de tempo. No cálculo de fluxo de caixa leva-se em consideração o montante de dinheiro gasto e recolhido pela empresa.

DRE

A Demonstração de Resultado de Exercício (DRE) é um detalhado levantamento contábil que tem o objetivo de estimar se a empresa está tendo lucro ou prejuízo. O DRE é calculado com base em um determinado intervalo de tempo e depende da avaliação de diversos indicadores da empresa, como fluxo de caixa, custos de produção, dentre outros. (Para saber mais sobre o DRE e sua importância para uma empresa, veja o texto seguinte: O que é o DRE e porque ele é importante para o sucesso da sua empresa)

Caso fique com dúvida sobre como montar uma DRE, nosso contador fez um vídeo com mais detalhes:

DIMOB

A Declaração das Informações sobre Atividade Imobiliárias (DIMOB) é um documento contábil utilizado na prestação de contas e fiscalização do Imposto de Renda. O objetivo é o detalhamento de operações sobre atividades imobiliárias. A DIMOB é uma obrigação para corretores de imóveis, construtoras, imobiliárias e qualquer pessoa ou empresa que tenha realizado algum tipo de transação imobiliária, seja de venda ou de locação.

DEFIS

A Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (DEFIS) é um documento utilizado para prestação de contas à Receita Federal sobre dados econômicos, fiscais e contábeis das empresas enquadradas no Simples Nacional.

DIRF

A Declaração do Imposto de Renda Retida na Fonte (DIRF) serve para informar à Receita Federal quanto foi recolhido de IR (Imposto de Renda) sobre o pagamento de cada um de seus colaboradores, ou em qualquer forma de pagamento a terceiros.

ECF

A Escrita Contábil Fiscal (ECF) é um documento produzido anualmente e que serve como uma Declaração de Imposto de Renda para pessoas jurídicas. O objetivo da ECF é a declaração de informações econômicas e fiscais da Pessoa Jurídica. A ECF é obrigatória para empresas enquadradas em diversos regimes jurídicos.

ECD

A Escritura Contábil Digital (ECD) é um documento utilizado no preenchimento da declaração de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ). A ECD é uma facilitação criada pelo governo para substituir a escrituração em papel pelo envio de arquivos digitais. O envio dos documentos pode até ser feito pelo Sistema Público de Escrituração Digital (SPED).

IRRF

O Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) é uma obrigação tributária de qualquer empresa ou organização. O IRRF é um tributo descontado diretamente, por parte dos seus contratantes, dos rendimentos ou salários de todos os empregados.

CFOP

O Código Fiscal de Operações e Prestações (CFOP) é uma sequencia numérica utilizada na identificação de produtos e mercadorias recebidas ou transportadas. O objetivo é determinar se há o devido recolhimento de impostos sobre os produtos transportados.

CST

O Código de Situação Tributária (CST) determina a aplicação tributária de uma determinada mercadoria ou serviço. O CST é um código de três dígitos e possui relação com o ICMS.

ICMS

O Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) é um tributo estadual. Os valores do ICMS são definidos pelos estados e Distrito Federal.         

ALÍQUOTA

A Alíquota é um percentual ou valor fixo que serve de base para o cálculo do valor de um imposto. Por exemplo, no cálculo de Imposto de Renda, as alíquotas variam com base na faixa salarial.  A alíquota de cada tributo é determinada por lei.

ISS

O Imposto Sobre Serviços (ISS) é um tributo cobrado pelos municípios e pelo distrito federal. Há diversos profissionais, sobretudo os autônomos de vários tipos, que devem pagar o ISS. (Para saber mais sobre o ISS, veja o texto seguinte: Você sabe o que é o ISS (Imposto Sobre Serviços)?)

Ainda está com dúvidas e precisaria de uma consultoria contábil para sua empresa? Clique aqui e fale conosco!

os termos mais utilizados na contabilidade para leigos

Veja mais artigos do nosso blog:

Contabilidade para profissionais da saúde

Contabilidade para profissionais da saúde

A contabilidade é um dos setores que mais auxiliam um profissional da saúde a abrir sua clínica. A área da saúde possui uma importância muito grande e os serviços oferecidos por ela são essenciais. Por esse motivo, quando um profissional da área da saúde enfim se forma, ele passa a ter diversas opções para trabalhar. Uma das melhores maneiras é por meio da abertura de uma empresa na área.

Como abrir uma clínica de radiologia

Como abrir uma clínica de radiologia

Você com certeza já foi a uma clínica de radiologia, não é? Mas já lhe ocorreu abrir uma? Empreender nessa área pode ser bem lucrativo. Isso se deve a um bom potencial para se explorar no mercado. São exames úteis para diagnosticar eventuais doenças, principalmente na odontologia.

Contabilidade para social media: como funciona?

Contabilidade para social media: como funciona?

Já ouviu falar na contabilidade para social media? A profissão de social media está entre as que mais crescem no mercado de marketing digital. Apesar de ser uma área nova, ela já oferece salários bons, com uma maior liberdade de trabalho e de realização. Você aprenderá como funciona a contabilidade para esse tipo de profissional, quais os benefícios de uma assessoria contábil, o CNAE correto para o social media, e muito mais!

Conheça nossos serviços:

Contabilidade para Youtubers

Nossa Contabilidade para Youtubers é focada em gerar o menor trabalho possível para o produtor de conteúdo, deixando você livre para focar no que mais importa: produzir seus conteúdos!

Saiba Mais

Contabilidade para MEI

Ganhe destaque com seu Microempreendimento por meio de um CNPJ. Evite dores de cabeça e contrate a nosssa contabilidade especializada para MEI. Estaremos lado a lado para ajudar no crescimento do seu negócio.

Saiba Mais

Contabilidade para Prestadores de Serviços

Você teve a oferta ideal para trabalhar naquela empresa que tanto queria. Mas te pedem abrir uma PJ e você não sabe por onde começar. Deixe a burocracia com a Conta Junto e usufrua do seu novo trabalho.

Saiba Mais

Contabilidade para Empresas de TI

Você respira tecnologia e sua contabilidade ainda é no papel? Aqui na Conta Junto somos especialistas em atender às demandas digitais. Foque apenas nos códigos e deixe a parte burocrática conosco.

Saiba Mais

Contabilidade para Advogados

Em muitos casos, é bem provável que o(a) Doutor(a) esteja pagando mais impostos do que deveria. Por isso é necessário ter uma contabilidade especializada no seu segmento. Nós da Conta Junto somos já ajudamos nossos clientes a economizarem até 83% com impostos.

Saiba Mais

Contabilidade para Infoprodutores e Afiliados

Se preocupe apenas em alavancar ainda mais suas vendas e produzir conteúdos. A parte burocrática deixe com a gente.

Saiba Mais